AI AI AI. O impacto da Inteligência Artificial na indústria de Voice Over

Olá amigos!

Nesta edição de junho da Síntese, quero parar um pouco para pensarmos no impacto que a Inteligência Artificial está a ter nas indústrias, em particular numa que me é muito querida e onde tenho o meu espaço também: a indústria de Voice Over.

A primeira ideia que tenho de ouvir falar sobre os perigos da IA para locutores remonta a 2021. Na altura o TikTok era a rede social que mais rapidamente crescia — culpa, sobretudo, dos dias em que ficámos em quarentena pela pandemia — e com ele, uma série de controvérsias também. Não falo das trends doidas que muitos utilizadores andavam a por em prática, mas antes de um caso que despertou a minha atenção: uma locutora estava a processar o TikTok em milhões de euros pelo uso indevido da sua voz.

Beverly Standing é Voice Over Artist há mais tempo do que aquele em que eu existo no mundo. Ao longo da sua carreira deu voz a campanhas de grandes marcas como Disney, Honda, entre outras. Portanto, alguém com uma carreira sólida, reputada e com tudo para continuar dessa mesma forma. Mais ou menos…

Standing começou a receber, de amigos seus, vídeos onde estava a sua voz, lendo frases que nunca tivera lido ou gravado sob que forma fosse. Os vídeos vinham de vários perfis de utilizadores do TikTok, que recorreram à funcionalidade Text-to-Speech da aplicação, para colocar em voz o que quer que fosse que tivessem escrito como legenda. Estão a ver onde isto vai dar, certo? Beverly era a voz padrão do TikTok sem saber como, sem controlo sob o que “andava por aí a dizer” e sem ter sido compensada por isso.

Contudo, ela reconhecia o tom e o entusiasmo presente nas “locuções” usadas naqueles vídeos. Há alguns anos, Beverly tinha assinado contrato com o Chinese Institute of Acoustics que previa a gravação de cerca de 10.000 frases para um projeto de investigação científica de “uso exclusivo interno”. A partir dessas gravações, foi criado um modelo de geração de fala a partir de texto (text-to-speech) que estaria a ser usado pelo TikTok, sem que a locutora tivesse conhecimento.

A generalização do uso da voz de Beverly em conteúdos sem qualquer tipo de crivo quase que levou a zeros o valor que a voz da locutora tinha no mercado. Standing viu contratos com alguns dos seus clientes mais antigos serem cancelados, ao mesmo tempo que mal conseguia fechar um novo trabalho na indústria onde trabalhara há tanto tempo.

Os advogados de Standing avançaram então com um processo crime contra a empresa dona do TikTok, a quem pediram uma indemnização que ascendia a 150.000 dólares por cada dia de uso indevido da voz, alegando que a locutora “… sofreu danos significativos e irreparáveis” com o TikTok “… privando-a da capacidade de controlar a sua reputação.”

O resultado? Assim que esta história se tornou notícia, o TikTok retirou a voz de Beverly da plataforma. O caso foi resolvido através de um acordo amigável meses depois, cujo valor da indemnização nunca terá sido divulgado.

Da minha experiência como Voice Over Actor, posso garantir-vos que, desde que este caso se tornou público, não há muitos projetos que paguem tão bem como os text-to-speech. Mas vale a pena pensar se é um valor justo pelo resultado final… Eu escolho não entrar na corrida a ser o locutor escolhido para nenhum desses projetos porque, cada vez mais, os contratos que assinamos valem muito pouco quando alguém tem más intenções. Contudo, asseguro-vos que os valores de projetos text-to-speech rondam não menos do que 10.000 euros por projeto. Será que compensa?

Voice Over Tools

Há uma semana publiquei no TikTok um vídeo com o behind-the-scenes da sessão em que gravei a campanha da Emirates que rodou em televisão durante os meses de novembro e dezembro do ano passado, aquando o Mundial de Futebol. Publiquei o TikTok ao final da tarde, guardei o telefone e levei a minha namorada a jantar a um restaurante. Quando voltámos a casa, tinha 30 mil visualizações. BOOM! Não esperava aquilo, muito menos o que se seguiu… Hoje aquele vídeo, para além de ter 237 mil visualizações, tem para cima de 200 comentários, muitos deles de pessoas que pedem dicas e ferramentas que os ajude a tornarem-se Voice Over Actors bem sucedidos.

Ora bem! Com esta pequena rubrica “Voice Over Tools” pretendo dar resposta a isso mesmo, partilhando ferramentas e dicas que uso no meu dia-a-dia enquanto locutor!

Comecemos pelo principio: FORMAÇÃO. Entender o que faz um Voice Over Actor, como o faz e onde é necessário o seu trabalho é essencial para sabermos o que andamos aqui todos e todas a fazer. Não posso recomendar melhor recurso para a formação de um Voice Over Actor do que o Gravy For The Brain. Foi criado por dois nomes grandes da indústria — Hugh Edwards e Peter Dickson — e é um must-have para qualquer profissional da área, independentemente do nível de formação e ponto da carreira em que esteja. Desde cursos, a textos de exemplo para começar a treinar, exemplos de contratos, uma tabela de valores para referência dos locutores no seu trabalho em vários mercados… tem de tudo! Enjoy 😉

Os meus favoritos

📚 Bookshelf

Sabem aquilo que dizem de “não julgar um livro pela capa”? Pois eu julguei um e não me arrependi. Comprei o Feck Perfuction de James Victore porque a capa me atraiu. É um livro de leitura super fácil e que mudou a forma como penso naquilo que faço, seja nos programas que construo na rádio, nos posts que publico nas redes, nestas edições da newsletter… enfim, tudo. Tudo pela irreverência e um pouco de “indiferença seletiva” do autor. Convido-vos a ler o artigo que escrevi na minha Bookshelf sobre este livro.

🎧 Podcasts

A minha sugestão de podcast vai para um projeto que me é muito querido: o Europe Talks Solidarity da SALTO – European Solidarity Corps Resource Center. O podcast acompanha a jornada de um cidadão europeu na busca de soluções e histórias que se alinhem com uma Europa mais solidária, com um foco refinado nos jovens que serão o futuro do continente. Ouçam, vão reconhecer a voz do host que anda a ter estas conversas pela Europa 😉

Ainda sobre podcasts… terei novidades nas próximas semanas sobre um projeto no qual ando a trabalhar há algum tempo… Fiquem atentos ao vosso email, serão os primeiros a saber!

📻 Rádio

Continuo na rádio, todos os dias! ✌️ Na MEGA HITS, das 11h às 16h; e aos domingos das 9h às 14h. Se escolherem ouvir, mandem-me mensagem pelo Instagram, por exemplo. Gosto sempre de saber quem tenho desse lado!

Let me offer you a -10% COUPON!
For what email should I send it?